Figura na sombra L&PM, 2012

 Leia um capítulo do livro

Figura na sombra é um romance que ficcionaliza a história real de dois importantes homens da ciência do século XIX. Quando Aimé Bonpland, naturalista, conhece Alexander von Humboldt em Paris, não imagina o destino que começa a desenhar para si próprio. A viagem de cinco anos que empreendem às Américas será decisiva para o moderno conhecimento do mundo. Mas enquanto Humboldt retorna para a Europa com o objetivo de escrever sua obra máxima e conquistar a glória, o outro busca rumo diferente. 

Luiz Antonio de Assis Brasil, nesta obra, desvenda o imaginário de Aimé Bonpland, francês, médico e botânico, testemunha da Revolução Francesa, que alcança as honras científicas mais desejadas e decide trocar tudo isso por uma vida bucólica ao Sul da América do Sul. Bonpland – ou Don Amado Bonpland, ou Gringo Loco ou, ainda, Caraí Arandu – protagoniza uma história repleta de episódios aventureiros – mas comprovadamente reais – que o fazem trilhar o mundo. De botânico de Josefina e Napoleão, a amigo de Simon Bolívar; de prisioneiro do ditador paraguaio Dr. Francia, que ficou célebre como “El Supremo”, a cultivador de erva-mate em São Borja, no Rio Grande do Sul, Don Amado foi figura única no rol da ciência e da história, um homem de dois mundos.

O grande tema de Figura na sombra é o amor que, entrelaçado às vicissitudes e pautando a longa vida de Aimé Bonpland, comparece em variadas formas: amor à natureza, à razão, às ideias, às leis da ciência, à beleza; amor erótico, platônico, fraterno. Por fim, o amor da aceitação, que se revela na entrega ao fluxo da vida, cujas leis e regularidades nunca estão inteiramente nas mãos de homem algum, nem dos mais sábios. Aimé Bonpland é essa figura na sombra, hoje nome de uma cratera da Lua, de um gênero botânico, de um asteroide, de uma montanha na Nova Zelândia, de um pico na Venezuela, de uma rua em Buenos Aires, de um rio na Patagônia, de um liceu na França e de duas cidades na Argentina. Este livro traz luzes sobre sua vida – mas sem retirá-lo da sombra que ele mesmo escolheu.

 


Assis Brasil fala do livro Figura na sombra


Assis Brasil e Debora Mutter falam de Figura na Sombra na 58a Feira do Livro de POA

Fortuna crítica

 Leia a crítica de Juremir Machado da Silva

 Leia a crítica de Zilá Bernd

 Leia a critica de Carlos André Moreira

 Leia a crítica de Luiz Paulo Faccioli

 Leia a crítica de Débora Mutter

 Leia a crítica de João Cezar de Castro Rocha

Lei a crítica de Anna Olívia do Nascimento

 Jornal Açoriano Oriental, Ponta Delgada, Portugal, 21.dez.2012 - Vamberto Freitas

Leia a crítica de Felipe Damasio