clique nas imagens para ampliar

 

 

 
Fotografias para imprensa (alta resolução)
crédito: Douglas Machado

2015 - Homenagem aos 30 anos de Oficina, na PUC-RS. Palestrantes, da esquerda para a direita: Carlos Jorge Appel, Léa Masina, Maria Eunice Moreira, o homenageado, Antonio Hohlfeldt, Cíntia Moscovich. Na primeira fila dos assistentes, o Reitor da PUC-RS, Prof. Joaquin Clotet, Pró-Reitores e demais autoridades acadêmicas.


2015 - Lançamento do livro Festschrift para Assis Brasil, Ed. Bestiário, organização: Gabriela Silva, Roberto Schmitt-Prym e Rubem Penz, pelos setenta anos de idade, quarenta anos de dedicação à literatura e trinta anos da estreia da Oficina de Criação Literária do Programa de Pós-Graduação em Letras da PUCRS.
Participam os escritores Amilcar Bettega, Augusto Paim, Caio Riter, Camila Doval, Carlos André Moreira, Carol Bensimon, Celso Gutfreind, Cíntia Moscovich, Cleci Silveira, Daniel Galera, Daniel Pellizzari, Diego Petrarca, Fernando Mantelli, Fernando Neubarth, Flavio Torres, Flávio Wild, Gabriela Silva, Gustavo Czekster, Helena Ortiz, Helena Terra, Ítalo Ogliari, José Alberto de Souza, José Francisco Botelho, Joselma Noal, Laís Chaffe, Leila de Souza Teixeira, Luisa Geisler, Luís Roberto Amabile, Marcelo Spalding, Marcos Vinícius Almeida, Marli Hintz, Mariana Bertolucci, Mariza Baur, Mauro Paz, Michel Laub, Moema Vilela, Monique Revillion, Paulo Scott, Roberto Schmitt-Prym, Robertson Frizero, Roger Cardús, Rubem Penz, Valdomiro Martins, Vanessa Silla, Vera Karam e Vitor Diel.

2015 - Lançamento do livro Festschrift para Assis Brasil, Ed. Bestiário. Da esquerda para a direita: Valesca de Assis [esposa], AB, Roberto Schmitt-Prym [editor e organizador do Festschrift] e Rubem Penz [organizador do Festschrift)Crédito: Leonardo Brasiliense.

2015 - Lançamento do Festschrift, com a família. Da esquerda para a direita: Leonardo Meneghetti, Lúcia Mattos, Assis Brasil e Valesca de Assis. Crédito: Leonardo Brasiliense.

2015 - Comemoração dos 30 anos de Oficina com os alunos atuais.

2014 - Na casa de Mario Soares, em Lisboa, dezembro.


2012 - Assis Brasil debatedor de Tzvetan Todorov, em Porto Alegre. [Foto: Jéferson Assumção].

2011 - Assume a Secretaria de Estado da Cultura, a convite de Tarso Genro.

2010 - Comemoração dos 25 anos da criação da Oficina de Criação Literária, ocorrido em setembro na PUC-RS. Da esquerda para a direita: Assis Brasil, Mestranda Juliana Grunhauser, Dr. Ana Mello, Coordenadora do PPGL-Letras; Doutoranda Gabriela Silva; Camila Gonzatto; Dr. Maria Eunice Moreira, Diretora da Faculdade de Letras PUC-RS.

2010 - Os da família: Valentim, 2 anos; Lúcia, Leonardo e Antônio.

2010 - Lançamento do 40 - Antologia de alunos da Oficina de Criação Literária, na Saraiva MegaStore do Shopping Praia de Belas, em Porto Alegre, que marcou os 25 anos de atividade ininterrupta da Oficina. De pé, da esquerda para a direita: Luciane Wagner Raupp, James Schaefer, Cláudio Mércio, Carolina Albuquerque, Assis Brasil, Camila Doval, Fabrízio Rosa. Sentados, na mesma ordem: Enéias Tavares, Camila Gonzatto, Karina Cardoso.

2009 - Outubro. Em Ponta Delgada, nos Açores, participando em mesa do encontro: Escritas Dispersas - Convergência de Afectos.

2009 - participando do Correntes D´Escritas 2009 - Póvoa de Varzim, Portugal. Foto: Carolina Albuquerque.

2009 - Em Ponta Delgada, Açores, com o escritor Urbano Bettencourt

2009 - Na Póvoa de Varzim, com o escritor Manuel Jorge Marmelo

2009 - No Porto, com Ivo Machado

2009 - Póvoa de Varzim, com Moacyr Scliar, Valesca e Teolinda Gersão

2008 - O mais novo neto, Valentim

2007 - com o cineasta Douglas Machado, em pleno pampa.

2007 - Com o poeta açoriano Eduíno de Jesus, no Recando Borghetti, Rio Grande do Sul.

2007 - O autor recebendo uma homenagem do Governo dos Açores. Da esquerda para a direita: o Presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, o autor, Valesca de Assis e D. Luísa César, no Recanto Borghetti, Rio Grande do Sul.


2006 - Festa Literária de Parati
foto de Walter Craveiro.

2006 - Tübingen, Alemanha.

2005 - Antônio posando, sério, na frente da biblioteca do vovô. A estante dos livros infantis está à direita da foto. Na época lia para ele "O cavaleiro da mão de fogo" do Mário Pirata.


2005 - Em grupo, frente à Sete Cidades, nos Açores, no início de 2005.

2004 - Capa do site "Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira" anunciando a premiação.


2004 - Antônio (o neto), pensativo, com a caneta entre os dentes, fazendo prever o futuro escritor. Ele já admira -- e rasga -- os clássicos de sua biblioteca. Seu interesse atual vai para o dinossauro Barney e o Bob Esponja.

2004 - Festa de Reis na Maia, ilha de São Miguel. Meu amigos Daniel de Sá (de cabelos brancos), Maria Alice, Urbano Bettencourt (de braços cruzados, ao fundo, cantando).

2003 - Com Frei Betto, na Feira do Livro de Porto Alegre, 2003, discutindo o processo de criação literária.

2003 - Com Luis Fernando Verissimo no lançamento do livro "A margem imóvel do rio".

2003 - Da esquerda para a direita, João Silvério Trevisan, Letícia Wierchowski, AB, Milton Hatoum, Affonso Romano de Sant´Anna, Marina Colasanti, Miguel Sanches Neto e Tabajara Ruas. Em Madrid, Casa de América.

2003 - Com o editor português de O pintor de retratos, João Rodrigues, em Madrid.

2003 - Com seu editor francês Denis Rolland e, ainda Charles Kiefer, em Paris.

2003 - Com a tradutora de Concerto Campestre para o espanhol, Juana María Inarejos Ortiz, em Madrid.

2002 - Com seu amigo Sergio Faraco, em Porto Alegre.

2002 - Com Moacyr Scliar e outros amigos, na Feira do Livro de Pelotas.

2002 - Com os escritores Pepetela e João de Melo, em Canela, Rio Grande do Sul.

2002 - Fazendo leitura pública de um trecho de Um castelo no pampa, na Brown University, Providence, Rohde Island", EUA.

 

2001 - Patrono da Feira do Livro de Caxias do Sul
Copie as fotos acima em formato TIFF

2001 - Com Letícia Spiller, durante as filmagem de "A Paixão de Jacobina" (Videiras de Cristal).

2000 - No campus da Brown University, Providence com Onésino Teotónio de Almeida.

1998 - Palácio da Fronteira, Lisboa.

1998 - Com Valesca, à mesa farta e generosa de Carlos Tomé, Idelta, Filipa e Inês em Ponta Delgada, Açores.

1998 - Com José Martins Garcia, na Universidade dos Açores, Ponta Delgada, Ilha de São Miguel.

1997 - Patrono da 43ª Feira do Livro de Porto Alegre.

1997 - Patrono da 43ª Feira do Livro de Porto Alegre

1997 - Lisboa - Com Amália Rodrigues

1997 - Paris, Sorbonne, pariticipando da banca de Doutorado de Monica Hallberg

1994 - Ginásio da Brigada Militar, Porto Alegre. Jogo de futebol de salão entre escritores e editores.
Árbitro: Renato Marsiglia, da FIFA. 
Os editores ganharam vergonhosamente, usando meios pouco ortodoxos. Assis Brasil é 5º jogador da primeira linha, contando da esquerda para a direita. Dizem que jogou apenas 6 minutos; na verdade, foram 10.


1993 - Com Luis Fernando Verissimo, Lya Luft, Moacyr Scliar, Porto Alegre.

   

1992 - Na Ilha de São Miguel, nos Açores
Indicando a data, 1844

1990 - Na Rua das Flores, Lisboa, com Valesca.


1990 - Com a esposa Valesca e a filha Lúcia,
Ilha de São Miguel, Açores

1988 - Porto Alegre

1988 - Eichstät, Alemanha, com Valesca

1979 - Porto Alegre

1978 - Porto Alegre

1976 - Lançamento do primeiro livro

Anos 1970 - Violoncelista da OSPA
Orquestra Sinfônica de Porto Alegre

1969 - Acadêmico de Direito da PUCRS

1949 - Jardim da Infância, Estrela

1947 - Com os pais
Amilcar e Glacy, em Estrela

Avós paternos João Carlos e Antônia de Assis Brasil
com os filhos, em 1907. Rosário do Sul

Avós paternos João Carlos e Antônia de Assis Brasil,
em seu casamento, em1898. Porto Alegre

Bisavô paterno Antônio de Assis Brasil 
1851-1882

Avô Octávio Vicente Pereira,
com 2 anos de idade, em 1874

Avô Octávio Vicente Pereira, poeta,
em foto de 1893

Avós maternos Octávio e Petrona Lisboa Pereira,
no dia de seu casamento, 1893. Porto Alegre


Casimiro de Abreu

O bisavô materno, Nicolau Vicente Pereira, em foto de 1872.

Nasceu em Penafiel, Norte de Portugal, a 8 de junho de 1841, filho de Antônio Pereira, funcionário público e de Ana Guimarães Pereira, poeta. Veio para o Brasil em 1853, inicialmente para o Rio de Janeiro e, depois, por conselho médico, para Porto Alegre. Na capital do Rio Grande do Sul estabeleceu-se com comércio na Rua da Praia. Foi poeta, contista, articulista e membro ativo do Partenon Literário, tendo publicado na revista da agremiação. Por vezes usava o pseudônimo de NIVIPE. No tempo de sua estada no Rio, Casimiro de Abreu (1839-1860) – foto abaixo, de Insley Pacheco - dedicou-lhe o poema a seguir transcrito.

NO ÁLBUM DE
NICOLAU VICENTE PEREIRA.

Tudo muda com os anos:
A dor - em doce saudade,
Na velhice - a mocidade,
A crença - nos desenganos!
Tudo se gasta e se afeia,
- Tudo desmaia e se apaga
Como um nome sobre a areia
Quando cresce e corre a vaga.

Feliz quem guarda as memórias,
As lembranças mais queridas,
No livro d’alma esculpidas,
Gravadas fundas em si!
Essas duram; mas que vale
Um nome desconhecido,
Se há de ser logo esquecido,
O nome que eu deixo aqui?

Rio de Janeiro 19 de Março de 1860.

A primeira publicação deste poema ocorreu em 24 de abril de 1864, pg. 4 do nº 7 do Jornal Cosmo Literário, do Rio de Janeiro, segundo pesquisa e descoberta de Mário Alves de Oliveira.

Quanto a Nicolau Vicente Pereira, era poeta de algum mérito. Português, passara a infância no Rio de Janeiro, tendo também vivido em Porto Alegre. Há muitos poemas seus em A Messe, órgão da Sociedade Retiro Português, publicado na Corte em 1860 e no nº 14 de O Espelho, de 4 de dezembro de 1859. 
In: Correspondência Completa de Casimiro de Abreu.
 OLIVEIRA, Mário Alves de. (Reunião, Organização e Comentários). Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras, 2007. p. 180. (Coleção Afrânio Peixoto, 77)

Nicolau Vicente Pereira faleceu em Porto Alegre a 14 de março de 1909
.


Bisavós José Pereira Lisboa e
Cândida Henriques de Paiva, em foto de 1871

Bisavó Anna Rodrigues Chaves Bastos Pereira,
em foto de 1869